Os novos hábitos de consumo originou o surgimento de uma nova estratégia de marketing: o marketing de experiência.

As relações entre empresa e cliente estão se tornando cada vez mais direta, refletindo diretamente nas decisões de compras futuras. Essas interações podem ser consideradas experiências e podem influenciar nas opiniões do consumidor.

 

Conheça o Marketing de Experiência e sua importância na empresa

 

Com um mercado cada vez mais competitivo, o consumidor não procura apenas por produtos de qualidade e preço justo. O que realmente torna um cliente fiel a sua marca, são os fatores emocionais e a memória afetiva que ele traz da empresa.

O marketing de experiência, ou marketing sensorial, é a tática que trabalha a relevância do negócio para seus clientes. Isso acontece através da percepção do processo de compra, interações e experiências que a empresa proporciona aos clientes. As marcas de hoje precisam oferecer muito mais que simplesmente vender o seu produto ou serviço.

É tarefa do marketing de experiência promover experiências marcantes que possam gerar respostas emocionais positivas. Em línguas gerais, o marketing de experiência é aquele que utiliza da emoção dos clientes para conquistá-los, gerar engajamento e fidelização.

Estratégias bem elaboradas de marketing de experiência ajudam a gerar senso de pertencimento e identificação do cliente com a marca, por meio de sensações únicas e satisfatórias, fazendo com que a empresa se diferencie da concorrência e obtenha divulgação espontânea.

 

 

Mas como as pessoas percebem essas experiências?

Experiências podem ser percebidas e vivenciadas de várias formas. Algumas pessoas podem viver experiências diferentes comprando um mesmo produto, ou experiências iguais em compras diferentes.

As percepções podem ser totalmente novas e positivas, reforçadas por novas ações, ou negativa, dependendo da experiência vivida pelo cliente durante o processo de compra.

 

Conheça o Marketing de Experiência e sua importância na empresa

 

Tipos de experiência

 O marketing de experiência pode ser dividido em 5 grupos. Vejamos:

 

 #Sentidos

É a experiência vivida pelo cliente a partir dos cinco sentidos básicos do corpo humano: tato, olfato, paladar, visão e audição. Experiências positivas ou negativas podem ser provadas, ouvidas, percebidas ou cheiradas.

  

#Sentimento

É a experiência através da percepção, gerando o sentimento que as pessoas têm por uma marca. Esse sentimento pode vir de forma positiva ou negativa, de acordo com as experiências que a empresa gera para o cliente. Trabalhe sempre para que o sentimento do seu consumidor seja o mais positivo possível.

 

#Pensamento

Esse grupo tem a ideia de quebrar paradigmas, inovar e sair do padrão. O cliente já trabalha um pensamento antes mesmo de viver a experiência. Um pensamento positivo prévio, faz com que um possível consumidor escolha o seu negócio de forma mais rápida, evitando comparações com o concorrente.

 

#Ação

É o grupo mais comum no marketing de experiência. Está presente através das ações promocionais, ações via internet (redes sociais | site | blog, etc.) ou em ações de marketing de guerrilha.

 

 #Identificação

Quando o consumidor escolhe uma empresa por compartilhar os mesmos valores, ideais ou até mesmo causas apoiadas pela marca, ele tende a virar um cliente fiel e até mesmo divulgador do seu negócio.

 

 

Conclusão

Inserir o marketing de experiência nas ações de uma empresa não é tarefa fácil. Alguns pontos precisam ser levantados e estudados. O principal deles, conhecer o seu cliente e entender que a experiência de compra precisa ser a melhor possível para que se tenha bons resultados e conquiste o consumidor.

E lembre-se, o marketing de experiência pode ser a sua principal ferramenta para a fidelização do seu cliente.

 

Que tal começar a montar a sua estratégia agora mesmo! Não sabe como? A iZap pode ajudar o seu negócio. Conheça nossos serviços!