As principais razões de vender pela internet são a facilidade e a alta rentabilidade com menor investimento comparado as lojas físicas.

Devido às suas facilidades, muitas vezes os empreendedores se deixam enganar pelas facilidades de uma loja online, porém, sua administração é tão complexa quanto os comércios físicos e por alguns erros bobos, elas acabam indo a falência.

Com intuito de evitar esses erros, este artigo vai mostrar uma lista com 5 erros comuns que a sua empresa pode estar cometendo:

 

1 - Falta de um plano de negócios

Sem um planejamento prévio, o empreendedor pode ser induzido a tomar várias decisões erradas (tanto financeiras, quanto de tempo), podendo prejudicar o funcionamento da empresa à longo prazo.

Ter um plano de negócios bem feito faz com que o dono conheça mais a empresa, resultando em análises bastante profundas e das possibilidades dos investimentos serem ou não viáveis para o negócio.

Elabore um ou contrate pessoas capacitadas para realizar um plano que tenha seus objetivos definidos, produtos a serem vendidos, lista de fornecedores, a posição da empresa no mercado, seus possíveis concorrentes e o capital inicial que é preciso para o desenvolvimento da companhia.

 

2 - Não ter metas definidas

Não ter uma meta definida no seu site de vendas pode ser um outro fator que pode te levar à falência.

É essencial ter este sistema de metas a curto, médio e longo prazo, assim você consegue tornar a sua empresa mais eficiente e competitiva no mercado.

 

3 - Oferecer preços pouco competitivos

Se você ainda não oferece preços competitivos nos marketplaces, a sua estratégia precisa ser repensada imediatamente.

Afinal, o preço é um dos fatores principais de influência na decisão de compra dos clientes.

Portanto, é importante que você veja o preço dos concorrentes e procure não cobrar valores acima da média do mercado.

Porém, tenha também bastante atenção à sua margem de lucro de todos os produtos.

Isso evita que seu negócio saia no prejuízo com preços muito abaixo da concorrência.

Aproveite também as campanhas em datas sazonais como Natal e Black Friday para criar estratégias agressivas de preços.

 

4 - Negócio com uma baixa reputação do público

Uma reputação baixa do seu negócio perante seus clientes pode render em sérios prejuízos no futuro.

Isso acontece porque, além de não atrair novos consumidores por despertar a desconfiança neles, uma reputação ruim faz também com que a sua loja virtual tenha um posicionamento ruim nos sites de busca.

A principal consequência disso é a baixa visibilidade dos seus anúncios e, consequentemente, um menor número de vendas.

Neste caso, a principal dica aqui é oferecer um atendimento de alta qualidade, respondendo os comentários, dúvidas e sugestões tanto na pré quanto na pós-venda das mercadorias.

 

5 - Focar em apenas um canal de venda

Um outro erro bastante comum entre os vendedores é divulgar os seus produtos em apenas um canal de vendas. A dependência em apenas uma plataforma de divulgação pode limitar o lojista a um público restrito.

Dessa forma, é fundamental a diversificação dos canais de venda para alcançar um maior número possível de clientes, tornando a loja mais conhecida pelos grandes marketplaces.

 

Não cometa esses erros e faça sucesso nos marketplaces!

Os marketplaces são excelentes alternativas para sua empresa aumentar suas vendas.

Para entrar neste segmento você deve ter cuidado para não cometer erros simples, que podem trazer péssimas consequências nos resultados do seu negócio.