Hoje as pessoas perseguem duas coisas no momento de comprar: facilidade e segurança e isso a internet com certeza sabe como oferecer.

Estudos recentes revelam que mais de 90% das compras têm ingerência da internet em algum momento e 75% dos jovens compram online. Dados no mínimo expressivos, não é mesmo?

Sabendo dessa movimentação, lojas no formato e-commerce vêm se expandindo naturalmente. Mas como criar um comércio eletrônico?

Descubra quais são os passos para criar o seu e-commerce do zero!

 

O e-commerce

Em uma definição simples, os e-commerces são lojas virtuais. Entretanto, não só.

‘’E’’ diz respeito à internet e ‘’commerce’’, é a tradução livre de ‘’comércio’’, portanto, qualquer canal que faça venda através da web, é um e-commerce.

‘’Mas como assim, eu posso ter um e-commerce no Facebook?’’

Sim, você pode começá-lo pela rede social do Mark! Inclusive, nela existem opções de fazer um perfil comercial a fim de facilitar as vendas.

Outros canais do e-commerce:

  • Apps;
  • Marketplace;
  • Mídias Sociais;
  • Sites.

Ok! Agora você já sabe o que caracteriza um e-commerce, mas a pergunta a ser respondida por aqui é como iniciar um.

 

Planeje

Pode parecer mais uma daqueles dicas generalizadas, mas se tratando de vendas, qualquer passo não calculado representa perigo!

É apontado que 60% dos e-commerces e lojas virtuais encerram suas atividades após um ano, ou seja, provavelmente algo no planejamento estava equivocado, não é mesmo?

Tenha definido o público, área de atuação, fornecedor, estrutura e programe seu projeto por etapas, a fim de saber exatamente o rumo que ele irá tomar. A falha do plano inicial não permitirá o sucesso final. Simples assim.

 

Conheça o seu produto com a palma da mão

Mais uma que parece óbvia? Acredite, existem pessoas que não sabem  nada sobre o que vendem!

Está permitido ocupar mercados que têm futuro, mesmo não sendo de seu domínio, mas, invista na segurança. Melhor dizendo, se esforce para ser um expert no material que você comercializa. As chances de venda são maiores.

Outro ponto importante: não adianta ter o melhor produto do mundo se ele não for divulgado ao comprador certo.

 

Invista em marketing digital

Por falar em divulgação…

O e-commerce está presente nos meios digitais, correto? Logo, ele precisa ser divulgado como tal.

Estratégias de marketing digital são úteis para atrair o público por meio de um relacionamento, gerando identificação e, assim, vendas.

Outro ponto determinante é: a internet é a maior vitrine do mundo!

Para negócios virtuais, metodologias como o Marketing de Posicionamento na Internet são divisores de água.

Patenteado pela Doutores da Web, o Marketing de Posicionamento na Internet, ou só MPI, tem como missão posicionar empresas, produtos e serviços no topo dos maiores buscadores do mundo: Google, Yahoo e Bing de maneira 100% orgânica.

Se recorda dos dados mencionados lá no começo? Então, agora imagina o quão agregador a um e-commerce é estar na primeira página do Google, por exemplo?

O Google ADwords, revelou que 100 bilhões de buscas são realizadas mensalmente, sendo 3.3 bi em um dia. Logo, a metodologia da Doutores da Web se mostra mais do que útil, é essencial a um e-commerce que deseja ter relevância.

A tecnologia MPI - Doutores da Web

 

Mensure os resultados com frequência

Talvez seja essa a grande vantagem de um negócio online: absolutamente tudo pode ser monitorado.

Essa fase não deve em hipótese alguma ser esquecida, pois é ela quem apontará o que está funcionando e o que não e assim, é um indicador de aprimoramento de estratégias. Os dados obtidos devem sempre visar melhorias.

Dica bônus: use o Google Analytics.

 

Tenha um bom sistema de logística

Atrasos não devem ocorrer!

A grande desconfiança da maioria dos consumidores ao consumir pela internet é que o produto não é igual da foto (por sinal não pode acontecer) e que a entrega irá demorar muito. Então, não reforce estereótipos.

Entregar com rapidez é um dos princípios que fideliza o cliente. Sabe quando o delivery fala que chegará em 45 minutos mas chega em 30? Tente causar essa sensação no seu comprador!

A trajetória de nenhum negócio é igual. Porém, alguns passos são consensuais  e precisam ser considerados no momento de investir em um e-commerce.

O mercado digital proporciona coisas grandiosas aos dois lados da moeda: ao vendedor, redução de gastos e um mercado relativamente novo a se explorar, ao consumidor, praticidade, segurança e um custo acessível.

Em resumo, e-commerce representa o futuro, acredite nele.

 

Quer saber mais? Conheça os canais da Doutores da Web: Site, Facebook,Twitter,Youtube,LinkedIn,Pinterest,LoveMondays eBlog.

 

 

Leia mais 3 artigos para ter um e-commerce de sucesso:

Saiba como o serviço de armazenamento pode influenciar o seu e-commerce

Ecommerce: 6 dicas valiosas para transformar visitantes em compradores

Loja física e loja virtual, como trabalhar bem os dois canais?