Uma empresa deve pensar em construir uma imagem sólida e positiva no mercado e direcionar isso para o marketing, buscando sempre novos meios modernos de publicidade, focando em veículos que atinjam seu público alvo de forma direta.

Os banners são elementos muito utilizados em ações na internet, tanto em sites institucionais quanto em portais ou redes sociais. A verdade é que não existe nada que chame mais atenção em um site do que os banners. Ele estará ocupando a parte mais centralizada da tela, é aonde você pode oferecer descontos, dar informações e atrair seu público. Os banners são funcionais por atrair a atenção do cliente, caso sejam bonitos e harmoniosos com o restante do site e da identidade visual da marca.

Um banner bem elaborado é capaz de gerar tráfego para o site, blog ou redes sociais e incentivar o fechamento da compra de um cliente indeciso. Se ele for mal feito ou não estiver de acordo com a identidade visual da empresa podem passar a sensação de amadorismo  e abandono ao consumidor.

Assim, o banner é a estratégia de marketing digital que mais se aproxima da propaganda tradicional, pois está super exposto em seus veículos de comunicação.

 

Tipos de banners

banners site

+ Estático: O banner possui imagens fixas. Foi o primeiro tipo usado em campanhas na internet.

+ Animado: O banner possui mais frames (imagens) e pode passar uma informação com impacto.

+ Interativo: O banner provoca a interação com o cliente. São utilizados formulários, pesquisas ou acesso à landing pages para baixar um material.

+ Pop up: Banners pop-ups são populares, apesar de serem considerados, muitas vezes, invasivos e incômodos. Este banner expôe o anúncio ao cliente quando ele abre a página, obrigando-o a remover ou a clicar.

 

Forma de anúncio

banner site

+ CPC: O anunciante paga um valor fixo para cada clique do banner, por isso CPC (custo por clique). Modelo indicado para empresas que estão começando a anunciar pelo fato de ser mais fácil de controlar, analisando quais os melhores resultados e onde pode ser mais eficiente um investimento, já que mostra o núymero certo de clientes que se interessaram pelo anúncio. Também é utilizado pelo Google Adwords e Facebook Ads.

+ CPM: Quando o investimento é baseado na quantidade de vezes que o banner foi exibido, não levando em consideração o número de cliques, ela é uma CPM (custo po mil), É o formato que expões mil banners por vez e tem seu valor dependendo dos portais e espaços escolhidos. É muito utilizado em campanhas que envolvem blogs e portais de notícias, pois as visualizações únicas são contabilizadas (se um visitante for exposto 5 vezes, ele será contabilizado apenas 1 vez) e geralmente a empresa paga um valor fixo para cada mil impressões do banner. É indicada para empresas que já possuam um marketing bem definido e atuante.

+ CPA: O anunciante paga para a plataforma de anúncio apenas quando o objetivo da campanha for alcançado, como venda, preenchimento de cadastro, download, etc. CPA (custo por aquisição) é o mais caro e complexo, sendo uma estratégia recomendada para empresas que possuem clientes duradouros ou com grande margem de lucro nos produtos/serviços.

Por isso, elabore um bom banner, funcional, que atraia o seu cliente. Para quem tem loja virtual, lembre-se sempre que as pessoas tem medo de comprar em lojas virtuais, por isso passar qualquer amadorismo ou falta de estrutura pode fazer seu cliente desistir da compra. Invista em um banner bonito, bem produzido e mantenha sempre atualizado.

 

Gostou do nosso artigo? Leia também sobre as vantagens do vídeo marketing para sua estratégia de marketing digital.